ESPERANÇAS PARA O ANO NOVO


Ao longo de 2007 procurei postar no blog textos que trataram de diversos temas. Entre os mais recorrentes encontram-se aqueles que tratam dos problemas urbanos, principalmente o transporte e da poluição e dos combustíveis. Procurei tratar estes temas tendo sempre em mente a opção que gerasse mais liberdade de escolha para os cidadãos, e de certo modo procurei apontar algumas soluções possíveis, ainda que de forma parcial e incompleta.

Neste ano de 2008 espero conseguir ser mais constante na publicação dos textos, e também abarcar um número maior de leitores. Procurarei me esforçar para produzir textos mais sintéticos, rápidos de postar. Espero poder melhorar também a revisão dos textos, que deixou a desejar em várias ocasiões. Os temas continuaram os mesmos, isto é, todos aqueles que eu considero passíveis de emitir um opinião com alguma consistência lógica.

Quero ver também se consigo aumentar o número de resenhas de livros, que há tempos andam sumidas do blog, sendo a última delas a do livro do Popper, Sociedade Aberta e seus inimigos. Talvez com sorte e trabalho duro, consiga montar um site onde possa deixar textos de referência e ampliar os links de sites importantes.

            Desejo a todos os leitores do blog um ano novo com muitas felicidades, e espero que possamos desfrutar de nossa liberdade e ampliar, via democracia, os direitos individuais que há muitos anos vem sofrendo perseguições injustas. Este ano já começa com um aumento considerável da liberdade econômica que é o fim da CPMF. Espero que o caminho da liberdade se torne mais visível para todos, já que o caminho da servidão parece estar sendo trilhado por multidões na Venezuela, Bolívia, Argentina e outros tantos países do mundo. Enfim, que seja 2008 um ano para se mudar em direção aos ventos da liberdade, que trazem consigo a prosperidade. Um grande abraço a todos.

 

Fernando Raphael.



Abra sua conta no Yahoo! Mail, o único sem limite de espaço para armazenamento!

Comentários

Anônimo disse…
Oi meu querido!
Posso ser sua revisora tá?

Postagens mais visitadas deste blog

POR QUE ALGUNS PRODUTOS CUSTAM TÃO CARO NO BRASIL?

O ELEITOR BRASILEIRO E O EFEITO MÚCIO

O PROBLEMA DO DÉFICIT HABITACIONAL - PARTE 2