Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

RESENHA: “CIDADES IMAGINÁRIAS: O Brasil é menos urbano do que se calcula”

RESENHA: "CIDADES IMAGINÁRIAS: O Brasil é menos urbano do que se calcula"   Outro dia, numa conversa com um colega de profissão e amigo de lista, falávamos sobre um texto meu em que eu falei sobre a porcentagem de população urbana no Brasil, divulgada pelo IBGE. O nome de José Eli da Veiga foi citado, principalmente, por causa de seu livro "Cidades Imaginárias" [i] . Mais tarde, surgiu-me a oportunidade de ler o livro por conta de um seminário do doutorado e, então, me vi no dever de deixar minha opinião.             Este é o segundo livro do José Eli da Veiga que leio e comento. O autor, diga-se de passagem, tem seus méritos. Creio que o maior é o de desafiar os conceitos usualmente não desafiados. Assim como no outro livro, a Emergência Socioambiental, que também encontra-se resenhado aqui no blog, fica aquele desejo de mais, pois apesar do desafio a metodologia do IBGE, a preocupação de Eli da Veiga é outra, e a "dicotomia" urbano/rural é deixad